Realidade Aumentada como ferramenta de UX

News

O que vem em mente ao pensar em Realidade Aumentada? É bem comum se pensar em jogos, ou até mesmo lembrar de um jogo específico que popularizou a tecnologia: o Pokémon Go, que permite que os monstrinhos sejam inseridos na vida real através do celular, e se tornou manchete em todo o mundo. Porém a Realidade Aumentada (RA ou AR) pode ser usada como ferramenta de UX (Experiência do Usuário), determinante na retenção e conversão do cliente.

O Google é uma das empresas que exploram bastante o uso de AR nos serviços disponibilizados. Ao pesquisar um animal, como um tigre, é possível vê-lo em 3d na sala da sua casa; também é possível ligar a Live View no Maps para acessar a rota em Realidade Aumentada; assim como é possível filmar uma placa usando o App Tradutor para uma tradução simultânea do que está no mundo real através do celular. E agora, recém lançado, é possível ver e tirar fotos com alguns atletas das Olimpíadas de Tóquio.

A Realidade Aumentada proporciona uma experiência única e totalmente personalizável ao usuário, pois a tecnologia pode inserir algo no ambiente que a pessoa mora ou frequenta. Pense no quanto de possibilidades é possível abrir através desta tecnologia, como este recurso pode melhorar a forma como sua empresa apresenta um produto ou serviço, e até mesmo transformar o processo de decisão de compras.

Uma empresa de tintas, por exemplo, disponibiliza um App que muda a cor das paredes ao clicar nas cores do catálogo, auxiliando no processo de escolha e compra. Uma fabricante de móveis ou eletrodomésticos pode disponibilizar uma ferramenta em que o usuário insere os produtos dentro de casa para testar se as dimensões cabem, ou não, no espaço que ele tem antes mesmo da aquisição. E que tal um parque temático que insere personagens e efeitos especiais em todos os ambientes. É possível aplicar em diversos segmentos e de diversas formas, as possibilidades são infinitas.

Vamos a um exemplo ainda mais pontual para mostrar que já estamos acostumados a estar imersos neste ambiente que mistura o mundo real com o virtual nosso dia a dia: os filtros do Instagram. Popularizado pelo Snapchat, os filtros se tornaram muito populares nas redes sociais, é raro ver um story em que a pessoa não utilize o recurso, que vai desde maquiagens à montagens e modificações bizarras e divertidas. E claro, as marcas e influencers já criaram os próprios filtros para que todo mundo saia usando (e divulgando, mesmo que indiretamente).

A Realidade Aumentada ainda é capaz de otimizar processos, como calcular o tamanho de uma área através do celular, ou até mesmo contar o estoque. A QPRO, por exemplo, juntou um Drone com a RFID para realizar auditorias de forma mais rápida e precisa, mas é possível implementar AR para aperfeiçoar ainda mais os resultados. A utilização da tecnologia pode otimizar o trabalho da empresa em todo o processo produtivo, dos funcionários envolvidos na produção ao cliente final. 

Uma pesquisa realizada em 2020 pela Confederação Nacional da Indústria mostrou que mais da metade (54%) das empresas com até três tecnologias integradas aos seus processos de produção tiveram lucro igual ou maior que o período antes da pandemia, e as que não adotaram nenhum sistema, queda de 47%. Ou seja, as empresas que tinham ou adotaram tecnologia 4.0 reagiram melhor à crise provocada pelo Coronavírus.


Este artigo te deu um insight?! Entre em contato com a QPRO e saiba como podemos tornar esta ideia real.

Além da Realidade Aumentada a QPRO desenvolve soluções tecnológicas e sustentáveis, como o desenvolvimento de um equipamento totalmente novo que otimize a produção e integre hardware e software


Acompanhe a QPRO Innovations nas redes: